Notícias

10
mai/24

Papa Francisco: educação como prioridade e diretrizes de desenvolvimento para a Teologia

Imagem
Imagem

Junto com membros da Rede Internacional das Sociedades de Teologia Católica, nosso Prior Provincial, Frei Luiz Antônio Pinheiro, OSA, participou de audiência com o Papa Francisco, no Vaticano, dia 10 de maio.

Dentre os temas destacados, a educação como prioridade, as novas tecnologias, e diretrizes de desenvolvimento para a Teologia.

O Papa agradeceu à Rede Internacional das Sociedades de Teologia Católica pelo trabalho interdisciplinar que realizam com projetos de pesquisa e congressos, incentivando o ecumenismo, o diálogo com outras religiões e visões de mundo.

"A teologia é um ministério eclesial valioso, porque faz parte da fé católica dar razão da esperança. E sabemos que a esperança não é uma emoção ou um sentimento, mas a própria pessoa de Jesus, o caminho, a verdade e a vida", disse o Papa, ao recebê-los.

E citou como grandes desafios o "progresso tecnocientífico",  a Inteligência Artificial,  a reflexão conjunta sobre "o que é humano, o que é digno do homem, o que no homem é irredutível, porque é divino, isto é, a imagem e semelhança de Deus em Cristo". Também apontou como prioridade, para o trabalho educativo, "orientar os alunos para a capacidade de discernimento e de escolha"

A teologia deve ser capaz de fazer-se companheira de estrada das ciências e de todo o conhecimento crítico, oferecendo sua própria contribuição sapiencial, para que as diferentes culturas não entrem em conflito, mas, em diálogo, se tornem sinfonia.

O Papa indicou três diretrizes de desenvolvimento para a teologia: fidelidade criativa à tradição, transdisciplinaridade e colegialidade. Esses são os “ingredientes” essenciais da vocação do teólogo católico no coração da Igreja. Os teólogos, de fato, são como os exploradores enviados por Josué à terra de Canaã: eles devem descobrir os caminhos certos para a inculturação da fé, observou.

A Rede Internacional das Sociedades de Teologia Católica visa promover a investigação teológica em todos os continentes, através da comunicação entre as sociedades que a integram, projetos e congressos, incentivando o ecumenismo e o diálogo entre religiões.

A teologia sapiencial é a teologia do amor
Sabemos que a tradição é viva. Portanto, ela deve crescer, encarnando o Evangelho em todos os cantos da terra e em todas as culturas. Porque o Evangelho anuncia o evento de Jesus que morreu e ressuscitou e é sabedoria de vida para todos: é o saber para a existência humana, cuja luz penetra nas fibras de toda a realidade investigada pelas ciências.

A transdisciplinaridade dos saberes não é, portanto, uma moda do momento, mas uma exigência da ciência teológica: de fato, ela “escuta” as descobertas de outros saberes para aprofundar as doutrinas da fé, enquanto oferece a sabedoria cristã para o desenvolvimento humano das ciências. A responsabilidade por essa árdua tarefa também implica a colegialidade e a sinodalidade do caminho de pesquisa, explicou Francisco.

Fonte: VaticanNews / Vatican Media

+ Mapa do Site

Política de Privacidade
Cúria Provincial Agostiniana Rua Mato Grosso, 936, Santo Agostinho Belo Horizonte - MG, 30190-085 +55 (31) 2125-6879 comunicacao@agostinianos.org.br

Fique por dentro de tudo o que acontece na Província. Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter.