Notícias

26
dez/23

Mensagem de Natal do Prior Geral da Ordem de Santo Agostinho: viver o silêncio e a humildade

Imagem
Imagem

Na mensagem de Natal enviada para toda a família agostiniana, Frei Alejandro Moral Antón, OSA, destaca que o amor é capaz de mudar tudo, principalmente os cenários onde há guerra e situações desumanas. "A esperança nascida do amor nos ajuda a ver como graça aquilo que antes não fazia sentido”. E nos convida e viver o silêncio e a humildade em nossos dias.

Leia a mensagem completa:

Queridos irmãos e irmãs agostinianos e leigos agostinianos,

Em cada Advento invocamos repetidamente: Vem, Senhor Jesus! É um desejo profundamente enraizado que, à medida que o dia 24 de dezembro se aproxima, cresce também nos nossos corações.

Raramente vi tal anseio pela vinda do Messias expresso tão fortemente entre os crentes em diferentes partes do mundo. Penso que talvez isso se deva, em parte, ao desencanto causado pelas guerras, pelo fosso cada vez maior entre ricos e pobres, pelo número crescente de migrantes e refugiados em todo o mundo devido a situações políticas desumanas e à repressão… Mais uma vez, desperdiçamos a esperança. Nos projetos humanos, sempre demasiado egoístas, em vez de colocá-lo no Único que não decepciona e cuja Palavra nunca passa.

No meio destas trevas, a vinda do Senhor aparece como uma verdadeira estrela de luz e uma nota de esperança. Diante dela, o coração se abre para receber o Filho de Deus e ser preenchido pelo seu amor. A alegria é abundante e vivemos este tempo como um verdadeiro presente. Como salvação.

Hoje, como há 2.000 anos, precisamos adotar a abordagem que levou os pastores a ouvir a voz e o canto dos anjos. É o silêncio que nos ajudará a receber uma mensagem da qual temos sede: de fraternidade… de amor… de Deus. Precisamos ouvir a palavra Paz. Vivamos o silêncio e a humildade com que chega o Menino.

“Convido vocês neste Natal a serem pessoas de Paz”

Aproximemo-nos Dele com simplicidade. Com o coração aberto. Precisamos curar nossos corações com o amor de Deus que seu Filho nos irradia e nos dá seu Filho. A experiência do amor gratuito nos renova, nos torna mais nós mesmos, nos ajuda nas relações com os outros. Temos fome de Boas Novas e esta é a melhor de todas porque na Encarnação descobrimos que Deus é Amor.

O encontro com Ele nos leva a renovar a esperança. Para ver a nossa própria vida, a vida dos outros e o mundo de uma nova maneira. Vivamos este momento, este encontro, com profundidade e gratidão. Deus se abaixa e se torna homem. Mais um como nós. Ele nos levanta. Ele assume nossa natureza humana para nos levar a Deus. Ele nos liberta de todos os males. Com ele a escuridão desaparece, transforma-se em luz. Agora podemos ver o caminho. Podemos seguir em frente sem medo de cair. Não estamos mais cegos porque Ele é a luz.

O amor muda tudo: a doença, a pobreza, o egoísmo, a tristeza, a dor… ou melhor, o amor nos leva a olhar tudo sob uma luz diferente. A esperança nascida do amor ajuda-nos a ver como graça aquilo que no passado não tinha sentido.

Com a vinda deste Menino, os anjos anunciam a Paz: “Paz na terra aos homens de boa vontade”. A paz é o nosso dom mais procurado, mas escapa-nos facilmente porque o orgulho não nos permite viver em diálogo e fraternidade, em comunhão e movidos pelos sentimentos humanos mais básicos, mas mais profundos. Convido-vos neste Natal a ser construtores de Paz. Trabalhemos pela Paz; pela Paz interior; por serem pessoas de Paz; pela Paz entre todos os povos.

Que o Amor de Deus nos ajude a todos a viver como autênticos irmãos e irmãs. Em paz. Construindo a Fraternidade e a Casa Comum que o Criador nos deu.

Feliz Natal a todos vocês, queridos irmãos, irmãs e leigos agostinianos!

Frei Aleandro Moral Antón, OSA
Prio Geral

+ Mapa do Site

Política de Privacidade
Cúria Provincial Agostiniana Rua Mato Grosso, 936, Santo Agostinho Belo Horizonte - MG, 30190-085 +55 (31) 2125-6879 comunicacao@agostinianos.org.br

Fique por dentro de tudo o que acontece na Província. Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter.