banner com imagem representando os Agostinianos

Paróquias

“A paróquia (…) é o local onde se ouve a convocação feita por Deus, em Cristo, para que todos sejam um e vivam como irmãos. É a Igreja que está onde as pessoas se encontram, independentemente dos vínculos de território, de moradia ou de pertença geográfica. É a casa-comunidade onde as pessoas se encontram.” (CNBB, Doc. 100, n. 171)

Visitar Site
Paróquia Nossa Senhora das Graças (Rio de Janeiro-RJ)
Criação: 29 de junho de 1920
Chegada dos Agostinianos: 05 de agosto de 1931
Pároco atual: Frei Haroldo Moreira Filho
Endereço: Rua Capitão Rubens, 55, Marechal Hermes - Rio de Janeiro/RJ
Tel.: (21) 3390-6837

Inicialmente foi administrada pelos Agostinianos Recoletos, tendo como padroeiro São Paulo. A titularidade foi mudada para Nossa Senhora das Graças nas celebrações dos 25 anos da Paróquia). Os Agostinianos da Província da Consolação a assumiram em 5 de agosto de 1931. Atualmente é composta pela matriz e pela Capela Santa Rita de Cássia. Se destaca por investimento na formação de lideranças e nucleação da Paróquia em setores de Círculos Bíblicos, informatização das atividades, pastorais e serviços.

Visitar Site
Paróquia Nossa Senhora da Consolação e Correia (Rio de Janeiro-RJ)
Criação: 13 de julho de 1993
Chegada dos Agostinianos: 1933
Pároco atual: Frei Emerson Carlos Silva
Endereço: Rua Barão do Bom Retiro, 909, Engenho Novo - Rio de Janeiro/RJ
Tel.: (21) 2581-9971

No início, a comunidade se organizou na capela do morro São João, que recebeu o nome de Capela São João. Com o crescimento e organização da comunidade, foi necessário construir outras instalações. Na rua Condessa Belmonte a Igreja da Consolação organizou sua vida comunitária por algum tempo. Depois, foi encontrado um terreno bem mais amplo e espaçoso à Rua Barão do Bom Retiro, onde foi construído o templo e as instalações da comunidade paroquial da Consolação. Anos mais tarde, foi projetado, no mesmo terreno, um novo e grandioso templo, cuja construção foi realizada, ao longo do tempo, com a dedicação e o esforço de toda a comunidade. O novo templo,é hoje casa de encontro, celebração, oração e vida cristã. Como a comunidade sempre abrigou, incentivou e realizou numerosas obras sociais e assistenciais, foi necessário construir e organizar novas e amplas instalações. Em 1992, foi construído o projeto AIACOM (Armazém de Ideias e Ações Comunitárias) que atende aos menores carentes da comunidade. Atualmente é composta pela Matriz e pelas Comunidades São João e Nossa Senhora Aparecida e Santo Agostinho.

Visitar Site
Paróquia Nossa Senhora da Consolação e Correia (Belo Horizonte-MG)
Criação: 31 de dezembro de 1960
Chegada dos Agostinianos: 1934
Pároco atual: Frei Alexandre Escame Pereira
Endereço: Rua Bernardo Guimarães, 2700, Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG
Tel.: (31) 3337-3033

Foi construída para ser a capela do Colégio Santo Agostinho. Com o tempo, passou a receber os fiéis do bairro e transformou-se em Paróquia em 31 de dezembro de 1960. Desde então, a paróquia conta com a participação e o trabalho voluntário de muitos leigos, nas mais diversas pastorais e movimentos.

Visitar Site
Paróquia Cristo Redentor (Belo Horizonte-MG)
Criação: 20 de abril de 1969
Chegada dos Agostinianos: 1973
Pároco atual: Frei Rodrigo Antônio de Jesus
Endereço: Av. Menelick de Carvalho, 180, Barreiro de Cima - Belo Horizonte/MG
Tel.: (31) 3383-7477

Em 1973, os Agostinianos assumiram esta paróquia que tem como marca a forte e expressiva luta política e social e pela formação litúrgico-pastoral. Atualmente é composta por sete comunidades: matriz Cristo Redentor, no Flávio Marques Lisboa e as capelas Santo Agostinho, Santa Cruz, Santa Mônica, Nossa Senhora Aparecida, Santa Maria da Esperança e São José. A Paróquia sempre se destacou pela formação de lideranças, pela grande participação dos leigos nas diversas pastorais e pelas celebrações criativas, vibrantes, animadas e inculturadas.

Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Bragança Paulista-SP)
Criação: 08 de dezembro de 1977
Chegada dos Agostinianos: 1983
Pároco atual: Frei José Pires Aguiar
Endereço: Rua Professor Luiz Nardy, 809, Vila Aparecida - Bragança Paulista/SP
Tel.: (11) 4033-2872

Os Agostinianos a assumiram em fevereiro de 1983. A Paróquia se destaca por seu trabalho nas áreas: Social (atendimento a famílias carentes e organização das Pastorais sociais) e de Formação.

Paróquia Nossa Senhora da Assunção (São Félix do Araguaia-MT)
Criação: -
Chegada dos Agostinianos: em 1981
Pároco atual: Frei José de Jesus Saraiva
Endereço: Av. Governador José Fragelli, 812, Centro - São Félix do Araguaia/MT
Tel.: -

Desde 1981 a Província da Consolação tem uma comunidade religiosa na Prelazia de São Félix do Araguaia - MT. Situada no interior da Amazônia, a serviço de uma Igreja libertadora, a comunidade agostiniana de São Félix assumiu sempre as prioridades dessa Igreja local: "viver e anunciar a Boa Nova do Evangelho com alegria, jeito humilde e paixão, sendo presença evangélica na Igreja e na sociedade, lutando pela justiça, direitos humanos, valorizando criticamente as diferentes culturas e formando comunidades participativas e com espiritualidade pascal". Isto leva a assumir causas concretas: a luta pela terra (CPT), a defesa dos povos indígenas (CIMI), a preservação da natureza (Ecologia), a organização popular e uma nova estrutura eclesial.

Paróquia Santa Cruz (Chapada do Norte-MG)
Criação: Meados do Século XVIII
Chegada dos Agostinianos: 2019
Pároco atual: Frei Jeferson Felipe Gomes da Silva Cruz
Endereço: Praça Pe. José Maria Sacramento, S/N - Centro - Chapada do Norte/MG
Tel.: (31) 3739-1133

A Paróquia é formada por 33 comunidades rurais e 6 comunidades urbanas. A população é, majoritariamente, negra e as comunidades conservam a identidade quilombola. Os freis agostinianos assumiram a Paróquia no dia 2 de fevereiro de 2019, sob o impulso missionário de expandir a presença agostiniana, especialmente, nas periferias geográficas e existenciais. Inserida na geografia do médio Jequitinhonha, a Paróquia Santa Cruz é uma das mais pobres da diocese de Araçuaí. Além do acompanhamento religioso (celebrações, sacramentos, pastorais e movimentos), os frades trabalham para implementar na Paróquia uma obra social de assistência e promoção humana ligada à educação de crianças, adolescentes e jovens. A intenção é valorizar e resguardar o forte potencial cultural e artístico que marca a identidade do povo.

Mapa do Site