Notícias

HORA DO CHAMADO - Um bate-papo vocacional com nossos freis

Na programação do Mês Vocacional Agostiniano tem um bate-papo vocacional com os freis da nossa Província: a Hora do Chamado. A cada segunda e quinta-feira, às 11 horas, um frei é entrevistado em uma live no Instagram @agostinianizar, falando sobre a caminhada vocacional e os desafios da vida religiosa.

Em agosto a Igreja celebra em todo Brasil o Mês Vocacional - um tempo especial de reflexão e oração pelas vocações e ministérios. Para nossa Província o mês de agosto tem um tom ainda mais especial, pois celebramos Nosso Pai Santo Agostinho.

Para bem vivenciar este tempo, o Secretariado de Animação Vocacional e Juvenil preparou uma série de atividades e subsídios. Neste período desafiador de pandemia, mais do que nunca, é preciso despertar, discernir, cultivar e acompanhar as vocações.


- Veja como foram as primeiras entrevistas:


3 de agosto
- Frei Paulo Henrique Cintra, OSA - Fraternidade Santo Dias (Diadema - SP)

A vocação não é uma resposta. Não é um chamado. Ela é uma sequência de respostas a vários chamados. Porque Deus nos chama a todo instante em várias realidades diferentes.

 


6 de agosto - Frei Leandro Carvalho - Fraternidade Frei Marcelino Barrio (Chapada do Norte/MG)

Discernimento vocacional é para você se conhecer e ver os sinais de Deus em sua vida. Ouvir aquilo que Deus quer lhe falar. Porque é isso que fica no coração.

10 de agosto - Frei Arthur Vianna, OSA - Fraternidade Agostiniana Nossa Senhora das Graças, de Marechal Hermes - Rio de Janeiro

Fazer uma escolha e nessa escolha assumir o que tem de bom e de ruim. Não existe caminho vocacional só de flores. Não existe nada pronto... a gente tem que viver a vida tal qual ela se apresenta.

13 de agosto - Frei Agenor Chiarinelli, OSA - Fraternidade Santa Mônica - Belo Horizonte (MG)

A vida é um recomeçar. Lute por aquilo que você tem vocação. Seja bom e se dedique ao máximo. Faça a diferença, vá ao encontro.



17 de agosto - Frei Alberto Carlos Gonçalves de Oliveira,OSA - Fraternidade Frei Luís de Leon (Bragança Paulista/SP)

A minha vocação é um desejo de encontrar a felicidade, tal qual Santo Agostinho. E a felicidade para Santo Agostinho era encontrar o próprio Deus. Nasceu de uma busca interior de respostas não só para mim, mas que eu pudesse contribuir com as pessoas de alguma forma.

20 de agosto - Frei José Maurício da Silva,OSA - Fraternidade Santo Agostinho (Belo Horizonte/MG)

Ser vocacionado é entender a dimensão do tempo no sentido de que nada está pronto, tudo está em aberto e tudo está para ser construído. Aquilo que está construído hoje porde ser desorganizado amanhã e reconstruído depois. A vocação passa por esses movimentos porque o tempo não para.

25 de agosto - Frei Anderson Domingues, OSA - Fraternidade Santo Tomás de Vilanova (Belo Horizonte/MG)

O bonito da vida consagrada é o testemunho. E em todo testemunho pede que a gente assuma algo concreto no dia a dia.

27 de agosto - Frei Maksuel Gomes, OSA - Fraternidade Nossa Senhora da Consolação (Rio de Janeiro/RJ)

Escolham viver encharcados da esperança que vem de Deus. Se fizermos isso , conseguiremos viver sempre bem.

31 de agosto - Frei Danilo Gomes, OSA - Fraternidade Pedro Casaldàiga (São Félix do Araguaia/MT)

Para esse tempo difícil, para os tempos fáceis, para as alegrias e as tristezas, fé e amor sempre. Até a última consequência, até o último instante o nosso coração deve gritar por isso.

Saiba mais sobre o Mês Vocacional aqui.

21 ago
Compartilhe:
Mapa do Site