Imagem card Quem Somos

Quem Somos

Somos os freis do Vicariato Agostiniano Nossa Senhora da Consolação do Brasil e temos como propósito frutificar o carisma agostiniano em terras brasileiras, através das nossas obras.

Santos
e Beatos

Beata Maria Catarina de Santo Agostinho
08 de maio

Imagem card Vida e Obra de Santo Agostinho

Vida e Obra de Santo Agostinho

Santo Agostinho (354-430), africano de nascimento e romano de cultura, é um patrimônio de santidade e cultura não só da Igreja, mas de toda a humanidade...

Toma e Lê Inspiração para meditar

“Quando esvaziares teu coração do amor terreno, começarás a enchê-lo do amor divino. (Tratado da carta de São João 2.8).”
- Santo Agostinho

Eventos

27set Imagem destaque da evento 5ª Jornada Agostiniana da Juventude
5ª Jornada Agostiniana da Juventude

Notícias

16set
Vicariato Agostiniano é elevado a Província

O 186º Capítulo Geral da Ordem de Santo Agostinho, que está sendo realizado em Roma,  aprovou, na manhã de segunda-feira, 16 de setembro,  a criação da Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do BrasilNoventa anos após sua criação, o Vicariato deixa de pertencer juridicamente à Província Matritense da Espanha, e passa a dar os primeiros passos como uma nova Província da Ordem à serviço da Igreja no Brasil. 

O anúncio foi feito pelo Prior Geral da Ordem, Frei Alejandro Moral Anton, ao Vicário Reginal, Frei Luiz Antônio Pinheiro, após votação. Em um segundo momento, será agendada a realização do primeiro Capítulo Provincial para dar encaminhamento aos processos jurídicos necessários para o bom funcionamento da nova província.

Com grande alegria damos graças a Deus por esta tão esperada decisão da suprema assembleia da Ordem Agostiniana.

14set
Frei Luiz Antônio é recebido pelo Papa Francisco no Vaticano

Durante audiência na Sala Clementina, no Vaticano, na manhã desta sexta-feira, 13 de setembro, o Superior Maior do Vicariato Nossa Senhora da Consolação do Brasil, frei Luiz Antônio Pinheiro, foi recebido pelo Papa Francisco, juntamente com os demais participantes provenientes de 52 países, que participam do 186º Capítulo Geral da Ordem de Santo Agostinho.

Em seu discurso, o Papa Francisco ressaltou o desafio e a responsabilidade dos Agostinianos, em nossos dias: “Viver em suas comunidades a experiência de Deus, manifestando-O vivo ao mundo!”. Depois, o Papa cumprimentou cada um dos participantes.

O Capítulo dos Agostinianos, teve início em Roma, no dia 1° de setembro, e será finalizado no dia 20 de setembro.
 

13set
Freis se encontram com o Papa Francisco no Capítulo Geral Agostiniano, em Roma
“O primeiro desafio essencial dos consagrados é fazer juntos a experiência de Deus”, disse o Papa Francisco, durante audiência com cerca de 150 participantes do Capítulo Geral da Ordem de Santo Agostinho, na manhã desta sexta-feira, 13 de setembro, na Sala Clementina, no Vaticano.

O 186º Capítulo Geral dos Agostinianos teve início em Roma, no dia 1° de setembro, e contou com a participação de freis provenientes de 52 países. O frei Luiz Antônio Pinheiro participa do evento representando o Vicariato Agostiniano Nossa Senhora da Consolação do Brasil.

Em seu discurso, Francisco referiu-se ao tema debatido nestes dias sobre “os desafios mais importantes do momento, à luz da Palavra de Deus, no magistério da Igreja e do grande Padre Agostinho: “Vocês estão bem cientes de que as comunidades de consagrados são lugares onde se vive a experiência de Deus, a partir de uma profunda interioridade e comunhão com os irmãos”. Eis aqui, disse o Papa, o primeiro desafio essencial, que interpela os consagrados, e que hoje lhes compete: “fazer juntos a experiência de Deus”. Desta forma, os Agostinianos poderão transmitir Deus ao mundo, de modo claro e corajoso, sem resistências ou hesitações.

Diante desta grande responsabilidade, afirmou Francisco, os Agostinianos são chamados a dar testemunho da caridade calorosa, viva, visível e contagiosa da Igreja, mediante a vida comunitária, que manifesta, claramente, a presença do Ressuscitado e do seu Espírito. Partindo das Constituições da Ordem o Papa recordou: “A unidade na caridade é um ponto central da experiência e da espiritualidade de Santo Agostinho e um fundamento de toda a vida agostiniana... Recordo aquele sublime encontro espiritual que Santo Agostinho e sua mãe Santa Mônica" viveram juntos: um momento em que as suas almas se fundiram na intuição da Sabedoria divina”.

O Papa Francisco acrescentou que tais experiências não são as mais frequentes, nem as mais importantes: “A vida comunitária é composta de pequenos gestos diários de amor”. Manter viva a chama da caridade fraterna só será possível com o olhar sempre dirigido a Deus, na busca constante de Deus Amor. Aqui, o Papa citou novamente a Regra de Santo Agostinho: “As suas Constituições chamam esta caridade fraterna ‘sinal profético’ e é sensata a sua advertência quando dizem: ‘Não poderemos fazer tudo isso se não carregarmos a nossa Cruz todos os dias, por amor a Cristo, com humildade e mansidão’".

O Santo Padre concluiu seu discurso recordando, novamente, o desafio e a responsabilidade dos Agostinianos, em nossos dias: “Viver em suas comunidades a experiência de Deus, manifestando-O vivo ao mundo!”

Sobre o Capítulo Geral

Convocado pela Cúria Geral Agostiniana a cada seis anos, o atual Capítulo Geral da Ordem de Santo Agostinho está sendo realizado em Roma, Itália, entre os dias 1º e 20 de setembro de 2019.
Durante os trabalhos o Frei Alejandro Moral Anton, OSA, foi reeleito Prior Geral da Ordem Agostiniana por mais seis anos. Além da eleição do Prior Geral e do Governo da Ordem, o Capítulo discutirá também quatro temas centrais: Vocação, Plano de Formação Agostiniana (Ratio Institutionis), Economia e Comunhão de Bens, e Estruturas da Ordem.

Imagem card Vocações

Vocações

Assim como Santo Agostinho, encontre em Jesus o sentido da vida.

O nosso Vicariato investe em uma formação de excelência para os candidatos à vida religiosa e ao sacerdócio. Essa promoção de novas vocações se dá pelo esforço e preocupação de muitos religiosos, em especial os mais jovens, que buscam ser testemunhas alegres que despertem e animem outros jovens a se juntarem a nós nessa aventura de fé e amor a Deus.

Imagem card Nossas Obras

Nossas Obras

Nos dedicamos as nossas obras com muita generosidade e determinação.

Além das "obras históricas" e de assistência social e promoção humana, nos dedicamos à formação de novos frades, assessorias de pastorais e movimentos populares e de grupos e pastorais ligadas à promoção dos direitos humanos, da justiça e paz.

Mapa do Site