Imagem card Quem Somos

Quem Somos

Somos os freis da Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil e temos como propósito frutificar o carisma agostiniano em terras brasileiras, através das nossas obras.

Santos
e Beatos

Beato Frederico de Ratisbona
29 de novembro

Imagem card Vida e Obra de Santo Agostinho

Vida e Obra de Santo Agostinho

Santo Agostinho (354-430), africano de nascimento e romano de cultura, é um patrimônio de santidade e cultura não só da Igreja, mas de toda a humanidade...

Toma e Lê Inspiração para meditar

“Quando esvaziares teu coração do amor terreno, começarás a enchê-lo do amor divino. (Tratado da carta de São João 2.8).”
- Santo Agostinho

Artigos

03ago Imagem destaque da evento Jovem: vocação e compromisso
Jovem: vocação e compromisso
28jul Imagem destaque da evento A vida comum como construção pessoal e coletiva
A vida comum como construção pessoal e coletiva
06jul Imagem destaque da evento Vocação: chamado de Deus para todos
Vocação: chamado de Deus para todos

Notícias

08ago
Nota de pesar pelo falecimento de dom Pedro Casaldáliga

Os freis agostinianos da Província Nossa Senhora da Consolação do Brasil se unem, em oração, à Prelazia de São Félix do Araguaia, no Mato  Grosso, e à Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (Claretianos) neste momento de despedida de Dom Pedro Casaldáliga Pla, CMF, Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia  e Missionário Claretiano, que faleceu neste sábado, dia 08 de agosto de 2020, às 9h40 (horário de Brasília), aos 92 anos, na cidade de Batatais, estado de São Paulo, Brasil.

Foram mais de 40 anos de caminhada, amizade, amor e respeito junto aos agostinianos. Nascido na Espanha, em 16 de fevereiro de 1928, Dom Pedro foi ordenado padre pela Congregação Claretiana, em 1952. Em 1968, chegou ao Brasil, onde se tornou bispo em 1971. As causas que Dom Pedro defendeu em sua trajetória de 50 anos dedicados aos mais simples, sempre representaram muito para a região do Araguaia e para a resistência de um povo que tem vivido diversos conflitos fundiários e de violação dos direitos humanos. Amizade que teve início com os primeiros freis que chegaram para a missão no Araguaia e Pedro os acolheu em sua casa. Até os últimos dias de vida, os freis agostinianos dedicaram à Dom Pedro atenção e cuidados em tempo integral, com o apoio de médicos e equipe de enfermagem, principalmente nos últimos anos, quando sua saúde já estava fragilizada.

O primeiro contato dos freis da Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil com Dom Pedro Casaldáliga foi em meados de 1978. Como bispo da Prelazia de São Félix do Araguaia, Dom Pedro acolheu os freis que estiveram na região para iniciar uma missão. Até hoje, a casa de Pedro é a moradia dos freis agostinianos que atuam na região.

Dom Pedro foi defensor das pessoas simples e combatente da violação dos direitos humanos. Suas causas e amor incondicional pela justiça sempre estiveram em sintonia com o carisma agostiniano. A casa de Pedro, hoje Fraternidade Agostiniana Dom Pedro Casaldàliga, sempre foi um local de acolhida simples e fraterna. 

Frei Paulo Gabriel Blanco, OSA, o primeiro agostiniano a residir com Dom Pedro conta que “Conviver por cerca de 20 anos com Pedro foi um privilégio concedido por Deus”. O religioso escreveu artigos e poemas sobre o amigo a quem tinha grande admiração. “Ele é uma referência fundamental para a minha vida. Um homem radical, de esperança. Um homem de Deus no mais profundo sentido da palavra. Sempre foi lúcido e de uma capacidade crítica admirável. “

O Frei José Saraiva, que conviveu com Dom Pedro até os últimos dias, afirma que ele era um exemplo de caráter, firmeza e bondade que influenciou várias gerações. “Ele era como um pai para nós”.

Frei Paulo Santos Gonçalves (Paulinho) partilhou da vida de Dom Pedro, de forma muito especial, em dois momentos. Dom Pedro o ordenou padre e, a partir daí, começaram a trabalhar juntos na missão em São Félix. “Foi um período intenso, de muito aprendizado.” Anos depois, Frei Paulinho retornou à São Félix para auxiliar Dom Pedro, que já estava com a saúde debilitada. “Nunca vou esquecer um pedido que Pedro me fez para ajudá-lo nas atividades diárias: ‘Paulinho, a partir de agora, você é minhas pernas, meus braços e minha boca’”, conclui.

Neste mês de agosto, em que celebrando o Mês Agostiniano, com o tema "amor, dom e compromisso", somos chamados a refletir e a aprender com o testemunho e o exemplo da vida de Dom Pedro Casaldàliga!

O Prior Provincial da Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil, Frei Luiz Antônio Pinheiro, OSA, agradeceu a presença de Dom Pedro  nesses 40 anos de caminhada junto aos freis agostinianos:

NOTA DE REVERÊNCIA E GRATIDÃO

A dom Pedro Casaldaliga Plá cmf, reverência e gratidão da nossa Província Agostiniana Nossa Senhora da Consolação do Brasil, em nome da toda a família agostiniana.

Rezamos agradecidos pelo amigo querido, de longa data, pedindo a Deus que o acolha na pátria celeste, onde não há cercas nem qualquer tipo de violência ou opressão.

Há 40 anos, desde que assumimos a missão na Prelazia de São Félix do Araguaia, a presença e o testemunho de dom Pedro inspiraram e motivaram de maneira singular a dimensão missionária de nossos frades, leigos e leigas, educadores e educadoras, que conosco sonham e trabalham pelas causas do Reino de Deus, com rosto brasileiro e latino-americano. Utopia que transcendeu fronteiras e conquistou corações além-mar

Pedro, o profeta, poeta, pastor e místico, se eternizou.

Sua poesia agora não tem, definitivamente, barreiras, pois como chuva fecunda, brisa suave e fogo abrasador, desce do céu, como instrumento do Espírito que sopra e age onde quer.

Reverência e gratidão, Pedro, amigo, irmão e companheiro de caminhada!

Frei Luiz Antônio Pinheiro, OSA
Prior Provincial


O velório acontecerá primeiro em Batatais (SP), a partir das 15 horas, na capela do Claretiano. A missa de exéquias será celebrada, em Batatais, no dia 9 de agosto às 15h, com transmissão pelo youtube (link https://youtu.be/spto8rbKye0 ) . Em Ribeirão Cascalheira (MT), o
corpo de Dom Pedro Casaldáliga, CMF, será velado no Santuário dos Mártires, a partir do dia 10 de agosto. O sepultamento será em São Félix do Araguaia (MT). 

DomPedroCasaldaliga.jpg

Dom-Pedro_2.jpg
Com o Papa João Paulo II, em 1995
DomPedro_3.jpg
Ordenação episcopal

PedroCasaldaliga2.jpg

DomPedro_1.JPG
Em casa - São Félix do Araguaia

 

07ago
Rede de oração #JuntospelasVocações

Uma grande rede de oração formada por grupos de leigos das paróquias agostinianas de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, está rezando pela vocações durante o mês de agosto. A rede #juntospelasvocações é uma iniciativa do Secretariado de Animação Vocacional e Juvenil da Província Nossa Senhora da Consolação do Brasil, como parte da programação do Mês Vocacional Agostiniano.

Cada família envolvida reza o  terço vocacional em casa, em um dia específico do mês. São 31 responsáveis por conduzir as orações. Ao final, enviam fotos que são divulgadas no perfil do Instagram e Facebook @agostinianizar, como uma forma de aumentar a comunhão nas nossas paróquias e fomentar a cultura vocacioanal, sobretudo a partir da oração pelas vocações.

Você também pode rezar pelas vocações. Junte-se a nós nesta rede. 

Oração pelas Vocações Agostinianas

Senhor, fonte de toda santidade, acendei em muitos jovens o desejo de seguir-vos na Ordem de Santo Agostinho, para ter conosco uma só alma e um só coração orientados para Deus. Necessitamos profetas capazes de enxergar mais além, testemunhas generosas do Evangelho, apóstolos valentes a serviço dos homens e mulheres de hoje. Por isso, Senhor, humildemente vos pedimos que nos abençoeis com numerosas e santas vocações; seiva nova, geradora de vida e motivo de esperança. Que o Espírito Santo nos acompanhe com sua luz e seu amor para que possamos viver nossa própria vocação com entusiasmo e autenticidade e assim mostremos a todos a beleza da vida religiosa agostiniana. Amém.

- Confira como foi a primeira semana:


redeoracao1.jpg

redeoracao2.jpg

redeoracao3.jpg

redeoracao4.jpg

redeoracao5.jpg

redeoracao6.jpg

redeoracao7.jpg

juntospelasvocacoes.jpg

06ago
Momento de espiritualidade celebra a vida e os ensinamentos de Santo Agostinho

Um momento de espiritualidade marcou a abertura do Mês Agostiniano para os colaboradores da Província Nossa Senhora da Consolação do Brasil e da Sociedade Inteligência e Coração (SIC). Um convite para celebrar, como família agostiniana, a vida e os ensinamentos de nosso patrono. Santo Agostinho, fundador e inspirador das nossas escolas, também foi professor e dedicou boa parte de sua vida à educação.

A transmissão, realizada dia 6 de agosto - festa litúrgica da Transfiguração do Senhor-, foi mediada pelo Jean Carlos De Araujo Ferreira, do Departamento de Pastoral (Depas), da Escola Profissionalizante Santo Agostinho (EPSA); e os convidados Frei Paulo Santos (Paulinho); Adessandro José Guimarães, do Colégio Santo Agostinho Gutierrez; Darci da Cunha Cardoso, da Escola Santo Agostinho; e Lucas Fortunato, do Colégio Santo Agostinho Contagem.

O Mês Agostiniano

Este ano o Mês Agostiniano será unificado para toda a nossa comunidade educativa e terá como tema "Santo Agostinho, dom e compromisso de amor", e lema "O amor é meu peso! (cf. Conf. XIII, 9, 10)". A programação é voltada para fortalecer e consolidar o senso de pertencimento à comunidade educativa agostiniana; dar a conhecer a figura, vida e obra de Santo Agostinho; e aprofundar a compreensão e vivência dos valores agostinianos, em continuidade com a Campanha da Fraternidade 2020: amizade, fraternidade e amor.

Diversas iniciativas estão sendo realizadas para celebrar Santo Agostinho durante agosto - Mês Agostiniano. 

Imagem card Vocações

Vocações

Assim como Santo Agostinho, encontre em Jesus o sentido da vida.

A nossa Província investe em uma formação de excelência para os candidatos à vida religiosa e ao sacerdócio. Essa promoção de novas vocações se dá pelo esforço e preocupação de muitos religiosos, em especial os mais jovens, que buscam ser testemunhas alegres que despertem e animem outros jovens a se juntarem a nós nessa aventura de fé e amor a Deus.

Imagem card Nossas Obras

Nossas Obras

Nos dedicamos as nossas obras com muita generosidade e determinação.

Além das "obras históricas" e de assistência social e promoção humana, nos dedicamos à formação de novos frades, assessorias de pastorais e movimentos populares e de grupos e pastorais ligadas à promoção dos direitos humanos, da justiça e paz.

Mapa do Site